Descubra porque o seu smartphone trava

Existem vários problemas que podem ocasionar o travamento de seu smartphone, mas o mais comum é problema de hardware, que afeta diretamente o desempenho do próprio aparelho, que infelizmente deixa a desejar. Descubra agora, porque seu smartphone trava.

Porque o seu smartphone trava?

Pode ocorrer algum defeito em algum componente do aparelho, sendo o mais comum algum defeito na placa do celular, que pode causar travamentos.

Outro motivo é deixar o aparelho no banheiro durante o banho. Isso pode ocasionar problemas no aparelho, causado por oxidação no interior de seu celular, pois o vapor da água penetra até mesmo aqueles smartphones com proteção contra água.

Quedas do aparelho também podem causar avarias no smartphone, causando algum problema no desempenho.

Outra coisa que pode influenciar para travamento do smartphone é a vida útil dele, que após uns três ou quatro anos de uso ele já está bem velhinho. Assim seus componentes internos já não funcionam tão bem quanto antes, e até mesmo o sistema operacional dele já pode estar desatualizado e isso afeta diretamente no desempenho, sendo um dos motivos porque o seu smartphone trava.

Celulares antigos podem não funcionar de maneira satisfatória

Tudo que eu citei acima são apenas pequenos detalhes que podem causar travamentos. Porém, o que mais causa travamentos, na grande maioria dos casos, é a própria configuração do aparelho, principalmente relacionado ao modelo do processador do smartphone.

Pagar menos = menor qualidade.

Grande parte dos usuários de smartphones compram aparelhos pelo preço, tentando economizar, e assim acabam comprando um aparelho que vai trazer péssimo desempenho, e depois não sabem porque o seu smartphone trava. E aí não adianta, não tem o que fazer. Isso sem falar que existem aparelhos que são caros, mesmo tendo uma configuração péssima.

Esse problema de configuração é comum no Android, onde várias empresas lançam aparelhos muito fracos no mercado, para conseguir preço baixo e assim atrair compradores. Isso acaba trazendo má fama para o Android em comparação ao iPhone. Ao contrário das fabricantes de smartphones Android, a Apple lança iPhones apenas com configuração excelente, com processadores top de linha, independente do modelo. Da mesma maneira, se você comprar um Android top de linha, ele vai ser tão bom quanto um iPhone. Já postei sobre este detalhe, aqui no site (clique aqui para conferir).

iPhone

Os principiais problemas de configuração são dois:

-Quantidade de memória RAM. O mínimo aceitável são 4 GB de memória RAM, porém os modelos mais baratos (e mais vendidos) têm apenas 2 GB, e assim não dá para exigir muito do aparelho. Neste caso, a melhor solução é usar apenas aplicativos leves, tentando usar poucos ao mesmo tempo, e de preferência fechando os aplicativos que você não está usando, para não deixá-los abertos em segundo plano.

– E aqui está o principal motivo dos travamentos: o modelo do Processador. Este é o motivo da maioria dos travamentos! Todas as funções do celular vão depender do processador, então, opte por um aparelho que tenha um processador bom.

Processador com péssimo desempenho, este é o principal motivo porque seu smartphone trava.

Todo o funcionamento e funções do smartphone vão passar pelo processador, então, ele é o ponto crucial. Quando você comprar um smartphone Android, a primeira coisa que você deve observar é o processador. Muitos anúncios de smartphones apenas citam que eles são “octacore”, mas isso não significa muita coisa, principalmente se todos os “cores” forem Cortex A-50!

Existe uma tecnologia da qual é feita o processador, chamada de ARM Cortex (arquitetura do processador). E os dois modelos de ARM Cortex mais usados são os A50 e os A70. Cada núcleo vai ser feito de uma dessas tecnologias. Você precisa saber quantos núcleos são A50 e quantos núcleos são A70.

Os núcleos Cortex A50 são SEMPRE LENTOS, TRAVAM E TEM BAIXO DESEMPENHO. Já os núcleos Cortex A70 são rápidos, com alto desempenho. É como se os núcleos Cortex A50 fossem umas tartarugas e os núcleos Cortex A70 fossem umas lebres (numa comparação entre a tartaruga e a lebre).

Vamos usar como exemplo um processador octacore. Esse processador tem oito núcleos, mas de nada adianta se todos os núcleos forem de tecnologia Cortex A50, pois assim ele vai ser lento e travar bastante. Um processador, para não causar dor de cabeça, precisa ter no mínimo dois ou mais núcleos Cortex A70.

E o mercado brasileiro de smartphones está cheio desses processadores ruins, que naturalmente vão sempre travar. Um exemplo é a linha “K”, da LG. Desde o LG K11, até o mais “avançado”, o LG K62 Plus, são todos celulares com processadores octacore, com todos os oito núcleos sendo Cortex A53. Assim, não tem como um celular desses não travar.

Processador Snapdragon

Como resolver isto?

Se tiver condições, compre um smartphone com processador Snapdragon 800 (845, 855, 865…), ou Snapdragon 8 Gen1, que eles nunca vão travar usando qualquer aplicativo ou jogo que seja, a menos que ocorra mal uso.

Outra boa opção, menos cara, são os processadores Snapdragon 700.

Mais em conta temos os processadores Snapdragon 600, que seria o mínimo aceitável, que já podem apresentar algum travamento se usado algum game pesado.

Evite processadores da fabricante Mediatek, principalmente os modelos “Helio”, que possuem um desempenho muito fraco.

Tem algo que eu possa fazer para deixar o celular mais rápido e evitar travamentos?

Existem muitos aplicativos que prometem deixar seu smartphone mais rápido, mas é pura ilusão, Estes aplicativos apenas realizam funções lógicas, como fechar aplicativos em segundo plano ou limpar arquivos temporários em seu celular, ou seja, coisa que você mesmo pode fazer, sem precisar de mais um aplicativo aberto em seu celular usando memória e processador.

Um método que já testei e que realmente apresentou um bom resultado, foi um procedimento para melhorar o desempenho do processador. Se quiser conhecer este método, clique aqui, para ver o passo a passo para deixar seu smartphone mais rápido.

Se quiser saber mais sobre desempenho de processadores, você pode conferir neste post aqui do site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.